A irresistível espiadinha

qui, 17/02/11
por Bárbara |

Olá, meus safadinhos bárbaros?!

Vocês por acaso já ouviram falar do escritor  George Orwell, que no seu clássico livro “1984” previu um mundo monitorado por câmeras e controlado pelo onisciente “Grande Irmão”, que, em nome da segurança, vigiava a liberdade dos cidadãos?

Bom, o profetinha estava certo! Das câmeras de banco às câmeras dos condomínios, elevadores e parques, esse mundão anda cada vez mais vigiado. Até reality shows inspirados nesse exercício voyerístico bombam na telinha.

Encontrei um curioso vídeo na internet, que se encaixa perfeitamente nessa onda de vigilância indiscreta. São flagras de olhares indiscretos para o “popozão” de uma gatinha que instalou uma pequena câmera escondida nas costas. Uma espécie de terceiro olho…

A ideia de flagrar as reações dos admiradores de bundas partiu de duas garotas que queriam saber o que realmente acontece quando se caminha pelas ruas.

Para colocar a experiência em prática,  a duplinha resolveu dar um rolézinho pelas ruas de Los Angeles, nos States. O resultado não poderia ser diferente: os homens, em esmagadora maioria, não resistiram em admirar a retaguarda da jovem cobaia. Mas, algumas mulheres também… Acreditem, nem Jesus escapou (aos 1m:53s)! heheh

Acho que as gatas perderam tempo à toda, pois não é nenhuma novidade que os homens gostam de dar uma conferida na dianteira. Aqui no Brasil então,  a virada de pescoço é praticamente instintiva, automática e obrigatória…heheeh

compartilhar
Comentar

deixe seu comentário