Ioga peladão: a moda chega ao Brasil

sex, 06/05/11
por Bárbara |
categoria curiosidade, esporte

Confesso que, ultimamente, estou me sentindo meio sedentária, paradona em relação às atividades físicas…

Bom , pelo menos, sempre que posso, continuo praticando com um gatinho ‘o melhor dos esportes’…heheh

Hoje mesmo, soube de uma novidade, que achei bastante interessante e saudável. Aliás, estou pensando seriamente em aderir…

Trata-se de uma moda que conquistou os Estados Unidos está chegando ao Rio com a promessa de tornar os cariocas mais ‘zen’ e desinibidos: Uma nova modalidade de ioga, na qual os participantes ficam inteiramente nus. Os adeptos garantem que o fato de estar peladão ajuda a entrar em contato com a ‘verdadeira essência’ e sentir os benefícios da prática mais intensamente. Os mais conservadores defendem que a ideia é ‘coisa de depravado”.

 

 

 

O professor Deva Vasant, 63, que dá aulas no espaço Surya (Rua das Laranjeiras, 63 Sobrado), já está formando uma turma para iniciar formalmente o ‘Naked Yoga’ aqui no Rio. Ele conta que já tem quatro interessados e espera novas adesões para começar os trabalhos:

“A prática ainda está pouco conhecida, os que me procuraram até agora são pessoas ligadas ao movimento naturalista. Acho que é ótimo fazer ioga sem roupa se você se sente confortável assim. Quem tem essa filosofia de vida fica em maior sintonia com os movimentos”, explica Vasant.

O instrutor admite que existe a possibilidade de pessoas “mal-intencionadas” procurarem o grupo, mas garante que faz uma seleção e que essas pessoas naturalmente se afastam quando percebem que não há nada de sexual na empreitada:

“Quando vê que não se encaixa ali, ela sai por conta própria”.

Isis Phoenix, instrutora de ioga nu em Nova York, conta que “descobriu” a prática por acaso. Um dia, em casa, estava saindo do banho e resolveu praticar sem roupa:

“Foi a melhor experiência da minha vida! Você aprende a amar cada linha do seu corpo”. Isis conta que nas suas aulas, a proporção é de 7 homens para 3 mulheres.

Nem todos têm essa visão assexuada da novidade. Algumas linhas chamam a atenção por serem “quentes”. O instrutor Ryan Clifford, por exemplo, conquistou o público gay com um DVD em que ensina ioga nu e troca beijos e amassos com o companheiro.

Novidade divide opiniões

A prática do ioga nu ganhou popularidade com o professor David Oliphant em 2008, em Las Vegas. No mesmo ano, o teólogo Georgy Monty Davis ganhou na Justiça o direito de praticar ioga sem roupa nos parques de San Francisco. A decisão o tornou celebridade nacional e ele até anunciou que pretende se candidatar a prefeito.

Hoje, há cerca de mil adeptos da prática no país. Escolas chegam a receber famílias inteiras querendo fazer ioga nu juntos, e muitas aulas misturam homens e mulheres. Mas nem todo mundo concorda com a ideia:

“Eu não vejo o ponto disso tudo. Ioga funciona muito bem com roupa”, pondera a instrutora Mary Dillion, que ensina em Manhattan.

 

Eu só imagino que seja difícil para um homem se concentrar e não “armar a barraca” com uma aluninha gostosa ao lado…

Com preciosas informações daqui

 

compartilhar
Comentar

deixe seu comentário