Ex-atriz pornô reage à polêmica: “Não vou parar de ler para estudantes!”

seg, 14/11/11
por Bárbara |
categoria cultura pornô

Vocês lembram do meu penúltimo post, sobre a visita da ex-atriz pornô Sasha Grey à uma escola de Los Angeles, onde ela participou de um programa nacional americano de incentivo a leitura para as crianças da primeira ve terceira série?  Vale recapitular o babadinho aqui abaixo e também opinar sobre essa polêmica no meu perfil do Facebook – “Só para Maiores”.

Se antenaram já? Bom, continuando então… Não é de se estranhar que essa visitinha causasse confusão, constrangimento e indignação (e inúmeros outros sentimentos típicos de um falso moralismo) nos papai e mamães mais conservadores.

Calma gente, as fotos acima não são da tal visita escolar não! São imagens promocionais dos seus tempos de profissional do Pornô. Aposentada da carreira que a consagrou, Sashinha – que já foi vencedora do AVN Award 2010 de melhor cena de sexo anal – ficou bem ofendida com toda esse bafafá e já reagiu mandando logo o recado:

- Não vou parar de ler para os estudantes! Me comprometi com esse programa sabendo que as pessoas teriam suas próprias opiniões sobre o que eu fiz, quem eu sou e o que eu represento”, explicou Sasha – nascida Marina Ann Hantzis – ao site TMZ.

“O Read Across America’ é um programa designado a promover a literatura e instaurar o amor pela leitura em jovens estudantes. Promover a educação é um esforço que parte do meu coração. Ser iletrado contribui para a pobreza; encorajar crianças a pegar um livro é fundamental. Acredito que a educação seja um direito universal. Acredito no futuro das nossas crianças e continuarei sendo uma apoiadora ativa e participante das iniciativas voltadas à educaçã. Sou uma atriz, sou uma artista, sou uma filha, sou uma irmã, sou uma parceira. Eu tenho um passado com o qual as pessoas podem até não concordar, mas isso não define quem eu sou”, completou a senhorita Grey num comunicado enviado ao site de celebridades.

Logo após participar da polêmica sessão de leitura com as crianças, Sasha enviou uma mensagem toda empolgada em seu Twitter. “Passei a manhã participando do Read Across America Compton, lendo para os alunos fofos da primeira e terceira séries na Emerson Elementary“, twittou a atriz, no último dia 2.

Leia mais post sobre Sasha Grey:

- Mamãe, hoje uma ex-atriz pornô me visitou na escola!

- Sasha Gray, do AVN rumo ao Oscar!

- Atrizes pornôs: as 10 mais desejadas

- Sasha Gray anuncia despedida

Com infos daqui

 

“Pesquisa sexual acadêmica”

seg, 14/11/11
por Bárbara |
categoria comportamento

Olá, pevertidinhos do meu coração!

Segunda-feira!  Segunda rima com “ô dia bunda!”. heheh

Após o fim de semana delicioso e excitante que tive, confesso que já aguardo ansiosa para repetir a dose, as minhas ‘aventuras bárbaras’ no feriadinho de amanhã…

Acho muito instigante o parceiro se preocupar com o prazer feminino, procurar agradá-la sempre sexualmente e até se aperfeiçoar na cama, buscar técnicas estimulantes , novas posições, massagens, brinquedinhos que possam quebrar a rotina…  Sou a favor de tudo que favoreça e promova o amor e o sexo.

Olha só o caso do babaquinha britânico Graham Gibbons, de 42 anos,  que tentou esquentar o seu relacionamento mas da pior forma possível e acabou preso! Com uma câmera estrategicamente escondida ao lado da cama, o mané filmou a si próprio fazendo sexo com a namorada por 35 minutos.

Um dia, sua namorada encontrou o filminho secreto e se surpreendeu ao saber que havia sido filmada transando sem a sua autorização! Preocupada e indignada, chamou a Polícia e ele acabou preso sob suspeita de voyeurismo

O covardezinho cara-de-pau disse que filmou tudo para poder avaliar depois o próprio desempenho sexual. Concidentemente, Gibbons, trabalha em uma empresa dedicada a aumentar a eficiência dos funcionários, segundo o “The Sun”.

O vídeo erótico caseiro foi exibido como prova de acusação para o júri durante audiência na Corte de Cardiff. Gibbons negou a acusação de voyeurismo e tentou explicar que o seu vídeo foi feito apenas como um tipo de “pesquisa acadêmica”…

Fico sempre preocupada com esse tipo de travessuras (filmar transas, tirar fotos íntimas) e o risco do material acabar  na internet.  E não só para a molecada que adora se fotografar/filmar. Também é bastante comum surgir cenas reproduzidas de celulares perdidos, laptops furtados e fotos roubadas por hackers ou técnicos de informática. Outras costumam ser alvos do espírito vingativo de ex-namorados que passam a divulgar a intimidade da antiga parceira como forma de manchar sua reputação. E as imagens, autorizadas ou não, podem acompanhar as vítimas pelo resto de suas vidas e atrapalhar suas carreiras. Inúmeros são os casos de protagonistas que tiveram que mudar de colégio, estado ou país.

 

 

Um caso clássico de escândalo provocado por  um vídeozinho caseiro foi o da milionária patricinha Paris Hilton. O ex-namorado dela pôs na internet o vídeo no qual os dois transavam. O filme foi até comercializado e ela ganhou status de celebridade à partir do escândalo. Outro exemplo (nacional) de vídeo que vazou e causou burburinho foi o da ex-BBB Maíra.

Apesar do bom humor e alto astral imperarem por aqui, também há espaço para temas sérios, inclusive preocupantes. Atenção pais, conversem com seus filhos, dê orientações, conheça-os melhor. E um recadinho especial para a galera: Nunca repassem fotos ou vídeos com conteúdo sexual. Se você é uma garota, não ceda aos pedidos dos meninos para escrever conteúdo erótico ou mostrar partes do seu corpo pela webcam ou por fotografias.

Com infos do G1