“Facesitting”, um fetiche diferente

qui, 24/11/11
por Bárbara |
categoria .

Oie! Acho que os taradinhos mais profissionais já devem conhecer esssa modalidade sexual que inspira esse post: O Facesitting!

Para quem não tem a mínima ideia do que seja, eu explico: O Facesitting  ou Face Sitting (também é conhecido como “Queening”) é executado quando alguém se “senta” na face do outro, que normalmente se encontra deitado ou sentado.  Trata-se de uma tara, uma fantasia, um fetiche, simples e complexo assim.. rs. Aliás, saibam que existem muito mais praticantes e vídeozinhos do gênero do que vocês imaginam…

Tipicamente, (mas não necessariamente) o ato envolve também a prática de cunnilingus (pra quem não sabe, é o sexo oral na mulher) ou anilingus ( que envolve o uso da língua no ânus do outro).

O Facesitting é uma técnica que está ligada diretamente ao BDSM, geralmente com um dominador e um submisso, mas não há regras específicas… Se for usado de uma forma mais hardcore, como no sadomasoquismo, trata-se  de uma técnica com uma tendência mais ‘humilhante’.  Mas num Facesitting tradicional, apesar da parceira ficar sentada na cara do ” escravo”, ele  não deverá ficar sem ar.  Pode parecer altamente angustiante, mas ao contrário do sufocamento, no  Facesitting o parceiro inferior não é privado de respirar.  Você aprovando ou não, para os adeptos é extremamente excitante….

Vai entender!? Mas se é um homem e gostou da proposta, sugiro que chegue pra gata e peça com jeitinho. Um  “Senta na minha cara!” num momento estratégico resolve.  (mas com educação, peçam por favor heheh). Mas atenção meninas, cuidado pra não quebrar o nariz dos seus queridos…

No mais, aproveitem e se possível me contem depois como foi essa experiência.. Aliás, algum de vocês por acaso já tentou o Facesitting?

A erótica e oportuna arte de rua

qui, 24/11/11
por Bárbara |
categoria arte

Arte bárbara, erótica e criativíssima de rua,  na mais pura essência…

Poesia sem palavras (e sem falso moralismo, por favor!)!  Do trivial pro genial!

Baderna tá ultrapassada, a moda agora é protestar pelada!

qui, 24/11/11
por Bárbara |
categoria campanha, erotismo

Sensualidade e Política, de fato, não combinam nem um pouco! Mas se misturam…

Genteee, fazer protesto peladinha(o) já virou moda. Temos exemplos clássicos aqui no blog das belas manifestantes de entidades conhecidas como o Peta,  Femen, etc…

Mas as manifestantes da vez foram algumas mulheres israelenses, que posaram nuazinhas no último finde  para uma foto em Tel Aviv. O ato serviu para demonstrar solidariedade à blogueira egípcia Aliaa Magda Elmahdy, que divulgou fotos dela própria nua na internet. Não tô falando que a moda pegou… e até mesmo em países nada nada liberais…

As ações e a nudez da blogueira egípcia atraíram a atenção da mídia em todo o mundo e causaram indignação no Egito, país muçulmano – como já disse,  um país ultra conservador, onde a maioria das mulheres usa véu e raramente mostram os joelhos em público. O post de colega bloqueira, que ressaltavaos “gritos contra uma sociedade de violência, racismo, sexismo, assédio sexual e hipocrisia”, ganhou milhões de visitas e comentários nada simpáticos a chamando de prostituta e doente mental.

As peladitas israelenses queriam apoiar a liberdade de expressão e protestar contra o extremismo islâmico. Abaixo, elas seguram uma faixa que diz: “Love With No Boundaries” (Amor sem fronteiras, em português) e “Show you are not afraid” (Mostre que você não tem medo).

Ah, se todo protesto fosse pacifíco e sensual assim… Só temo que eles possam causar algum acidente de trânsito… hehehe

Enfim, descobriram  (mesmo que tardiamente) que as polêmicas manifestações com nudez garantem a audiência. Atraem bastante os olhares de curiosos e geram fotos nos jornais para assuntos que talvez não conseguissem espaço. Tirar a roupa virou uma estratégia cada vez mais adotada, principalmente se for por uma boa causa.

Com infos do G1 e fotos da Reuters

Leia outros posts sobre manifestações sensuais:

- Peladinhas contra a prostituição

- O Protesto Erótico

Esse protesto pornô é o bicho!

Direito ao Topless já!

- Uau, que protesto sensual!