Segunda Hot: Fabi Thompson

seg, 30/12/13
por Bárbara |
categoria fotografia

O feriado passou, e outro já está chegando.
É o ano novo batendo à porta, é 2014 chegando pra arrasar!

Então vamos ao último post do ano, uma sessão de fotos beeem gostosa!
Dá uma olhada…

Ela que foi a nossa musa durante o ano de 2013. Estrelou comerciais e está entre as atrizes nacionais mais cobiçadas do momento.
Um doce de pessoa e super dedicada ao trabalho.
Com vocês, a rainha do sexo anal, Fabiane Thompson!

 


 




 

Ótimas entradas pra todos vocês! Entrem gostoso em 2014, hein?!
Nos vemos ano que vem taradinhos.

Um beijo especial e até…

Mestres da Sacanagem

seg, 19/03/12
por Bárbara |
categoria cultura pornô

Ensinar é uma arte, uma vocação muito bonita e exemplar aliás…

Muitas  vezes, os ensinamentos dos profissionais do ensino são tão decisivos, que acabam exercendo influência no futuro (principalmente o profisional) de seus alunos…

Porém, alguns professores e professoras que preferem deixar uma contribuição mais marcante e uma imagem pessoal nada formal e convencional. No G1 , encontrei uma listinha de alguns desses babados polêmicos de professores que acabaram virando astros e estrelas de filmes adultos. Esses acabaram divulgados, agora imaginem quantos casos semelhantes não foram e nem vão parar na imprensa…

O escândalozinho magisterial mais recente aconteceu no início deste mês, uma escola de Oxnard, no estado da Califórnia (EUA), afastou a professora de ciência Stacie Halas, de 31 anos, depois que alunos descobriram e fizeram circular um vídeo pornô de Stacie, que trabalhava há seis anos como atriz pornô.

Ainda em janeiro deste ano, um professor foi afastado por uma escola de Geelong, no estado de Victoria, na Austrália, depois que estudantes descobriram que ele havia estrelado um filme pornográfico online. Ah e detalhe, contracenando com uma ex-aluna.

Em 2009,  Tiffany Shepherd, uma professora de biologia que foi demitida no estado da Flórida, nos EUA, depois de posar em fotos picantes, decidiu dar uma guinada na carreira: virou atriz pornô.

 

Coincidentemente professor de educação sexual, o britânico Benedict Garrett foi suspenso em 2010 pela escola secundária Beal High School, em Ilford, nos arredores de Londres, depois que foi descoberto que ele trabalhava como ator pornô. A profissão secreta veio à tona, mas o emprego naufragou.

Outra que conheceu um atalho para rua foi a professora Tericka Dye, demitida em 2011 de uma escola no Missouri, nos EUA, por também ter atuado como atriz pornô. Também conhecida como “Tara Meyers” (Tara? Eita nomezinho propócio pra pornstar! ) e/ou Tericka, ela trabalhou em filmes adultos também sob o pseudônimo “Rikki Anderson”. Ela acabou afastada quando os punheteiros alunos descobrirem vídeos pornôs da querida professora na internet.  Ela ganhou nota 10! rs

Em 2011, a canadense Julie Gagnon, conhecida pelo nome de “Samantha Ardente”, foi demitida de uma escola no Canadá depois que um aluninho resolveu dar uma de detetive e acabou descobrindo seu empreguinho paralelo, secreto e safadjeeiinho.

Genteee, ainda fico pasma com a hipocrisia que rola neste planetinha! Estamos ou não em pleno século XXI ? Pois para alguns parece até que ainda vivemos na Santa Inquisição.

Julgar um professor como imoral por ter realizado alguns trabalhos pornográficos é ridículo e hipócrita.  Imoral para mim é o Analfabetismo, o  semelhante morrendo de fome, as guerras criadas e alimentadas para preservarem hegemonias econômicas… Isso sim eu considero “imoral”!!!

Leia também:

- Boa professora ou professora boa?

- Taras no Trabalho