A Prostituição no Futuro

sex, 04/05/12
por Bárbara |
categoria curiosidade

Perguntinha muito curiosa essa do título acima,  né?!

Pois eu li numa pesquisa que, num futuro não tão distante assim, a ‘profissao mais antiga do mundo’ será realizada por mulheres feitas de chips, fios, transmissores e movidas à bateria.

Mas será que vai ter gente que vai coçar o bol$o para ter sexo com uma robô?

Bom, há quem diga que esse será justamente o futuro da prostituição. Quem, especificamente? A dupla de neo zelandeses Ian Yeoman e Michelle Mars, que chegou a essa conclusão em um estudo com o improvável nome de “Robots, Men and Sex Tourism” (Robôs, Homens e Turismo Sexual).

A pesquisa deles é bem taxativa: Até 2050, homens irão procurar bordéis à procura de ‘andróides-prostitutas’! Acredita-se que o preço inicial será algo em torno de US$ 10 mil, que incluiria desde uma dancinha sensual ao ato sexual.  Poxa, com um preço destes é melhor flertar com a própria mão direita, se é que vocês me entendem… heheeh

O pessoal do NMA andou viajando neste assunto e fez até uma animação para ilustrar essa previsãozinha tão safadjeenha e bizarrinha (em japonês e sem legendas – entenda se for japonês capaz)!

Vi na Galileu

Leia também:

- Sensualidade robótica no Pole Dance

- Curto circuito no tesão

- Um tesão das galáxias

- Robô chinesa do sexo

- ‘Roxxxy’, a primeira robô do sexo

 

 

Sensualidade robótica no Pole Dance

sex, 16/03/12
por Bárbara |
categoria arte, curiosidade

Olá insaciáveis do meu coraçãozinho.

Eu sei que vivo pregando os benefícios da tecnologia a favor do sexo, mas convenhamos: há coisas que não são a mesma coisa! heheh

Nesses ‘tempus mudernus’, bonecas infláveis tentam substituir mulheres, vibradores fazem o papel de um pênis, comprimidinhos azuis provocam ereções, mesmo que artificiais….

Mas já tentaram imaginar robôs que imitam as inimitáveis e excitantes dançarinas de Pole Dance? Nem precisa, basta conferir aqui abaixo!

Ah, tem um DJ na parada também!

Bom, vou até fazer um “mea culpa”, pois estabelecer uma comparação com robôs e exigir deles uma sensualidade humana seria muita injustiça!  E além do mais, há mérito para o criador e as criaturas, criadas a partir de sucatas pelo artista europeu Giles Walker. Ok, concordo que estão loooonge de serem excitantes, mas impressionam pelos  movimentos.

Giles faz um estilo gênio maluco e sempre cria robôs surpreendentes usando sucatas que ele recolhe pelas ruas e em ferros-velhos. O artista é membro do grupo “The Mutoid Waste Company”e já expôs obras em diversos países. Infelizmente, nunca no Brasil.

Os robôs são controlados através de um computador com o programa DMX e programados para agirem conforme a música que toca.  Como disse e ressaltei, não dá nem para comparar, mas surpreendem legal pela forma maneira com a qual se movimentam.  E há muita arte e surrealismo nas criações, como por exemplo as cabeças feitas de megafone, carrinhos, telefone e câmera de vigilância.

Os vídeozinhos abaixo foram gravado na boate inglesa “Mutate Britain”.  Nomezinho bem propício à atração em cartaz! Confere só!

A grande vantagem é que não precisa deixar aquela generosa gorjetinha na alça da calcinha da “robôa”… heheeheh

 

Leia também outros posts sobre o tema:

- Pole Dance, sinônimo de sedução e sensualidade

- Arte do Pole Dance gera polêmica entre muçulmanos

- Os 10 piores tombos de Pole Dance

- Sensualidade radical no poste

- A sensualíssima rainha do Pole Dance

- Pole Dance em plena rua

- Era pra ser sensual…

- Uma mamãe muito safada

- Do erótico sensual ao mico total